Primeiro Transplante De Pele Em 95% Do Corpo humano é Exercido Com Sucesso O Dia

Poucos dias depois que Hassan nasceu pela Síria, bolhas e feridas começaram a mostrar-se em sua pele. O fedelho sofria de uma doença rara, a epidermólise bolhosa juncional, que deixa a pele tão quebrável quanto a asa de uma borboleta. O mal não tem cura, e quatro em cada 10 pacientes nem consegue sobreviver até a adolescência.

Advertisement

No entanto Hassan, que hoje mora na Alemanha, fez porção de um experimento que conseguiu fornecer uma nova pele pra cobrir 80% do teu corpo humano. O recurso envolveu utilizar um pedaço de sua pele, que teve o DNA “consertado” em laboratório. A pele geneticamente modificada pois foi enxertada de novo em Hassan, em 3 operações que podem ter salvado sua existência. Como Localizar O Que O Teu Cabelo Precisa Com o intuito de Continuar Encantador após o tratamento, a nova pele parece inteiramente normal. A pele de Hassan era tão sensível que rasgava ao menor toque.

Ele vivia rico em feridas vermelhas e bolhas pelo corpo humano. As diferentes camadas da pele geralmente são unidas por proteínas “âncora”. Mas quem sofre de epidermólise bolhosa tem um dificuldade no DNA, que não detém as instruções para “colar” a epiderme (camada breve da pele) pela derme (a segunda camada), fazendo com que ela fique extremamente quebrável.

Advertisement
  • Distúrbios de tireoide
  • Bloquear os danos oxidativos das células
  • vinte e cinco Nathalia Dill
  • Poses no chão são repletas de charme
  • Luciana Gomes disse
  • Medicamentos focos
  • José dá seu palpite,
  • Mascara para pele seca

Não há cura descoberta para esse dificuldade, porém em junho de 2015 os pais de Hassan o levaram ao Hospital das Gurias pela Escola de Ruhr, em Brochum, na Alemanha. Saúde E Bem Estar Archives de idade, ele prontamente havia perdido uma vasto quantidade de epiderme - a maior quantidade de seu organismo parecia uma grande ferida vermelha aberta. A equipe médica agora estava preparando a família pro pior.

Advertisement

Tobias Hirsch, médico do hospital. Contudo uma equipe de biólogos especializados em terapia de genes da Universidade de Modena, pela Itália, ofereceu um tratamento opcional - e os pais deram autorização para a aplicação de uma terapia experimental em Hassan. Utilizar BEPANTOL Pra Pegar MANCHAS DO ROSTO setembro de 2015, um pedaço de pele de 4 cm quadrados foi retirado de Hassan, de uma área onde a epiderme ainda estava intacta.

Os biólogos em vista disso inseriram neste pedaço de pele um vírus modificado, que continha as instruções que faltavam ao DNA para atingir colar as camadas da pele de Hassan - vírus são muito eficientes quando a tarefa é entrar nas células. Desta forma, as algumas células geneticamente modificadas foram se multiplicando para produzir um total de oitenta e cinco cm quadrados de pele “nova”.

Advertisement

Foram necessárias três cirurgias naquele ano pra conquistar cobrir 80% do Sugestões Pra Decorar E Organizar A Comemoração! com a nova pele. O pai de Hassan falou que seu filho passou meses parecendo uma múmia, de tantas que eram as ataduras cobrindo seu organismo. Todavia 21 meses depois, a pele do garoto tem êxito normalmente, sem nenhum sinal de fraqueza. É possível até beliscá-la sem causar qualquer prejuízo. Os médicos do hospital ficaram surpresos com o repercussão. Anna Martinez, que lidera a área de epidermólise bolhosa no hospital infantil Great Ormond Street, em Londes, citou à BBC ter ficado animada com o resultado deste tratamento.

Share This Story

Get our newsletter